Ampliar imagem | Tamanho original
O obra do Apartamento Amizade é uma intervenção em um apartamento de um edifício construído nos anos 60 no bairro das Graças, em Recife. A lâmina de gabarito baixo – térreo mais 3 andares – e orientação nordeste-sudoeste foi erguida através de uma bandeja de concreto e pilotis, deixando seu térreo livre. Do primeiro ao terceiro andar, o edifício é constituído de paredes de alvenaria portante. Os clientes, um casal sem filhos, tinham como premissas, entre outras coisas: a criação de escritórios separados para ambos, um closet para que os diferentes horários de despertar deixassem de ser um incômodo para o parceiro e especial atenção à dinâmica de uso e conservação do apartamento, já que pretendiam prescindir a contratação de empregados domésticos. O projeto buscou viabilizar uma obra de baixo custo equacionando a difícil relação entre a restrição para demolição de grandes vãos da alvenaria portante e a grande integração dos espaços solicitada pelos clientes. Propôs-se um longo móvel contínuo, formado por duas linhas de armários “encaixadas” entre os vãos deixados pela demolição criteriosa das paredes. Este objeto trata de organizar todo o programa da residência, criando espaços de naturezas distintas. O corredor central, espinha dorsal da casa, além de servir como closet, dá acesso aos quartos e banheiros. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar