Ampliar imagem | Tamanho original
Uma casa art déco assimétrica, aninhada no tecido urbano, buscava clareza após uma sucessão errática de reformas e ampliações. Os ambientes estão abertos à diversidade tipológica, apesar de planta rígida e repetida em todos os pavimentos. Todos os espaços residenciais giram em torno de ambientes ambíguos, interrompidos ao meio e pontuados por colunas azuis centrais, sugerindo uma leitura fragmentada de sua aparência material de outra forma unitária. Os elementos azuis funcionam como o único ornamento vertical dos espaços domésticos onde os pisos são construídos com três tipos de madeira, formando faixas de larguras variadas, funcionando uma tapeçaria. A escada em espiral une a casa: portas azul escuras, um corrimão romantizado pré-existente e um xadrez de diferentes tons de mármore. A casa art déco é completada com listras horizontais em amarelo claro voltadas para a rua e listras verticais em preto e branco voltadas para o jardim. Esta linguagem é transportada para ambas as fachadas. A casa encontra uma feliz coerência nas pequenas incoerências de sua arquitetura. De alguma forma, um novo tipo de paz é encontrado, frágil e festivo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar