Ampliar imagem | Tamanho original
O apto DÔ busca um diálogo entre estética e função em novas possibilidades, busca trabalhar cores e texturas em todo seu potencial de setorizar espaços mantendo-os completamente conectados. O projeto explora em si as possibilidades de combinações de textura e cores que nascem em sua base neutra composta por uma produção cheia de vida. A experimentação do cinza na base, trabalhados em diversas texturas, conversam entre si até tangenciar a intensidade do negro e o aconchego da madeira. Duas jovens mulheres que gostam de tons mais escuros, tornam o partido de inverter a base, muitas vezes predominantemente clara, para um plano de fundo cinza e preto, que através de sua própria intensidade monocromática, permitem a leveza na repetição. Tons mais escuros, setorizados em ambientes, permitem que estes se mimetizem no espaço, para que, ai então, venha o branco, claro, em forma de estante, objetos e produção. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar