Ampliar imagem | Tamanho original
A mortalidade define a arquitetura e a experiência humana. Ao longo do tempo, as estruturas funerárias foram projetadas por diversas sociedades e civilizações, para fundamentar suas crenças pessoais e compartilhadas. A ideia da vida após a morte molda como esses edifícios foram construídos, de monumentos simbólicos a vastas tumbas e criptas. Descubra uma nova série de exemplares da arquitetura moderna, projetados para a lembrança e reflexão. Além de exemplos icônicos como o Cemitério de Igualada, na Espanha, a arquitetura funerária contemporânea é feita com uma programação diversificada. Desde espaços comuns para reuniões, até áreas reservadas, onde os indivíduos prestam seu respeito aos falecidos, esses projetos também são cada vez mais desenvolvidos para integrar-se à paisagem circundante. Construídos na última década, os projetos a seguir ilustram como arquitetos e paisagistas estão criando novos espaços funerários, para celebrar a vida e proporcionar consolo aos familiares. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar