Ampliar imagem | Tamanho original
A terceira casa do condomínio da Quinta do Buraco, localizada no lote que ninguém desejava, acabou por calhar ao projectista. Terreno acidentado, extremamente arborizado, onde as espécies infestantes abafavam as espécies autóctones e a existência de um curso de água subterrâneo, tornava a procura de solução, interessante, mas complexa. A relação com o cliente foi óptima apesar de sempre ter ouvido: nada pior que fazer casa própria; um mar de indecisões, um mundo de dúvidas; para os outros é tudo mais fácil. O volume onde estão localizadas as áreas comuns à família, implantado perpendicularmente às curvas de nível, criou patamares inexistentes e consolidou os existentes. Sobre o espaço de garagem existe um escritório, para, às vezes, se trabalhar em casa e desfrutar do sítio.A sala, no cruzamento dos dois corpos, ganha mais pé direito, fazendo a ligação entre o privado e o comum.O declive proporcionou uma outra sala, também esta térrea, para uso dos filhos e amigos destes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar