Ampliar imagem | Tamanho original
Uma torneira é uma válvula mecânica que serve para regular (liberar ou bloquear) o fluxo de um fluido (geralmente água) vindo de um encanamento. Ainda que abrir uma torneira seja algo quase banal hoje, geralmente não pensamos em todo o conhecimento e a tecnologia necessária para que possamos ter água, a qualquer momento, com um simples movimento das mãos. Mas entre a captação, tratamento e a distribuição até sua cozinha ou banheiro, a água percorre um caminho complexo.  Proporcionar água às edificações é um desejo antigo. Torneiras rudimentares foram encontradas em Creta, e estima-se que datem de 1700 aC. [1] Durante o Império Romano, a água começou a ser distribuída por tubos de chumbo, e nos famosos banhos romanos públicos torneiras de prata e outros acessórios de ouro e mármore permitiam algum controle do fluxo de água. Já no século XIX, iniciou-se a distribuição de água pressurizada às casas, demandando um dispositivo mais complexo que pudesse suportar pressões mais altas, sem vazar ou estourar. Foi aí que surgiu a torneira de rosca, inventada na Inglaterra em 1800 por Thomas Gryll. "Semelhante às torneiras modernas, ela possuía um parafuso que forçava um anel vedante contra uma superfície plana, interrompendo assim o fluxo da água". [2] Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar