Ampliar imagem | Tamanho original
A topografia acidentada e íngreme do terreno de 1000 m², a vegetação abundante, a orientação solar e a paisagem do Parque Tingui como entorno, orientaram nossos conceitos nessa casa de 350 m² que foi executada no período de três meses. Como não queríamos causar impacto negativo na vizinhança e no terreno, a escolha de materiais, a equipe, a técnica e o processo construtivo foram extremamente planejados. A arquitetura da casa pede licença, se insere e repousa delicadamente na paisagem existente. Foram utilizados essencialmente peças de madeira, vidro, alvenaria e as pedras já existentes no terreno. A madeira foi usada como estrutura em quase a totalidade da casa e seu fechamento é praticamente 100% em vidro; equação versátil do ponto de vista da trabalhabilidade técnica e da estética final. Cria-se também uma simbiose constante do “dentro e fora”; a vegetação faz parte do cenário interno assim como a casa se insere na natureza de forma harmônica e fluida. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar