Ampliar imagem | Tamanho original
Esta é uma moradia unifamiliar localizada em Uribelarrea, Cañuelas, Buenos Aires. O projeto é implantado em um amplo lote (1 hectare) entre duas grandes árvores que servem como barreira para o vento e brise no verão. O térreo com planta livre abriga os serviços, enquanto os setores públicos e privados estão localizados no pavimento superior afastando-se do solo úmido e possibilitando excelentes vistas da paisagem. O programa se desenvolve em uma planta flexível em torno de um núcleo vertical (pátio/escada) gerando a entrada de iluminação natural no centro da casa, vinculando todos os níveis até o terraço-jardim. A moradia é conformada por duas grandes lajes perfuradas pelo pátio central. Logo, encontramos os planos verticais que passaram a configurar o envoltório junto com as grandes aberturas e painéis de madeira. Conceitualmente, o volume elevado pode se abrir completamente para a paisagem, oferecendo privacidade e controle lumínico por meio de seus brises. O acesso à casa é feito desde o térreo seguindo pela escada exterior localizada no pátio central que atravessa uma galeria semi-coberta que funciona como transição entre a paisagem e a arquitetura. No primeiro pavimento, há o setor público orientado para a parte frontal do terreno (norte) e o setor privado para o leste, captando o sol da manhã. Nas laterias estão dispostos o espaço de trabalho e a cozinha, em conexão direta com a paisagem e o pátio interior, possibilitando ventilação natural em todos os ambientes, incluindo o núcleo sanitário. Como detalhe final do percurso, encontramos o terraço-jardim que transforma-se em um mirante para a paisagem. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar