Ampliar imagem | Tamanho original
O edifício apresentava-se com graves problemas à medida que avançávamos cada piso e que íamos descobrindo cada espaço. Investigado o seu contexto histórico percebemos que o edifício havia sido bastante alterado nas últimas duas décadas. Não havia nenhuma ordem nem critérios tipológicos ou estruturais que justificasse as intervenções e as suas adaptações. Uma parte do edifício estava estruturado com betão armado, outra parte com a estrutura original de madeira em mau estado de conservação; cada piso tinha internamente um diferente número de escadas que vencia as alturas criadas pela intervenção de betão sobre a de madeira; no logradouro havia uma extensão construída agarrada à muralha medieval da cidade cobrindo o jardim do r/c que se transformara em depósito de lixo; a ligação dos pisos à caixa de escada principal era deficitária criando degraus com diferentes alturas; também janelas e portas sobre paredes de tijolo devido a adaptações de edifícios contíguos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar