Ampliar imagem | Tamanho original
O escritório ODA, de Nova Iorque, foi convidado a participar de um novo plano diretor para a cidade de Chengdu, na China, e propôs um empreendimento de 70 mil metros quadrados com um programa diversificado, composto por quatro torres residenciais, um parque comercial de varejo e espaços verdes. Segundo os arquitetos, o projeto é um experimento urbano que pretende reorganizar as prioridades no domínio público. Desenvolvido para desafiar a tipologia tradicional da rua voltada para o transporte motorizado, o projeto inclui pontos de conexão intermodais para balsas, bicicletas, pedestres e veículos. Os espaços comerciais são organizados em um ciclo contínuo para envolver a comunidade, ao passo que a experiência na escala da rua permite o engajamento entre espaços abertos e internos.  No nível do solo, a arquitetura se mescla com a agricultura urbana, coberturas verdes, pátios e recursos hídricos, enquanto que o nível mais baixo se conecta aos canais de água, bares, clubes e vida noturna. Os escritórios e residências são projetados com acesso externo direto, incluindo escadas externas, áreas de estar sombreadas e jardins comunitários.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar