Ampliar imagem | Tamanho original
Localizada numa zona nobre de Brasília, a casa 636 se ergue em um lote inclinado, cuja rua frontal apresenta um desnível de 1,4m, a altura aproximada de meio pavimento. A partir desta propriedade natural do sítio surgiu a ideia de uma composição escalonada para projeto, criando espaços em quarto níveis distintos, separados por meios lances de escada.  O resultado da composição é uma volumetria sólida de caixas brancas, intercaladas por um vazio central, uma escadaria envidraçada que insinua a movimentação de pessoas em seu interior.  Os pavimentos são dispostos em dois volumes de 6m de largura cada e articulados por um vazio central de 3m. A sequência modular 6–3–6m batiza a casa. A centralidade das escadas assume um papel preponderante na casa, orientando a circulação entre os espaços. Assim, cada patamar corresponde a um novo núcleo funcional, um esquema rompido apenas pela presença insólita da cozinha no centro da casa – único ambiente com pé direito duplo com acesso facilitado aos demais cômodos e à área externa. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar