Ampliar imagem | Tamanho original
Os moradores deste apartamento brasiliense, de 141m², desejavam um espaço flexível e integrado, onde a cozinha seria o coração da casa. O apartamento deveria ser composto por dois dormitórios, sendo uma suíte, além de sala de TV, sala de estar, cozinha, área de serviço e banheiro social. Além disso, pretendia-se criar uma forte conexão com a identidade de Brasília, destacando as características originais do edifício modernista, mesclado às peças de arte e design coletadas pelo mundo. Durante a fase de entrevistas, quando perguntado qual seria o “sabor” do apartamento, o cliente respondeu: “Umami”. Umami é considerado o sexto sabor, que realça e promove a união entre os demais sabores. Daí surgiu o conceito do projeto, onde as áreas de convívio são priorizadas e a cozinha, assim como o Umami, tem o poder de unir todos ao seu redor. Como resultado, sala e cozinha foram integradas para criar maior amplitude, ventilação cruzada e iluminação natural, além de estimular o encontro entre as pessoas e as diferentes atividades que ali acontecem simultaneamente. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar