Ampliar imagem | Tamanho original
Um edifício regional modernista em Frogner, Oslo, é transformado em um edifício residencial com nove apartamentos de diferentes dimensões, com áreas entre 77 a 196 m2. O projeto original foi construído em 1973, desenhado pelos arquitetos Trond Eliassen e Birger Lambertz-Nilssen, que receberam o prêmio "Sundt" de arquitetura devido à excelente qualidade e complexidade do "Munthes gate". O edifício atualmente figura como um representante adequado da arquitetura de seu tempo. A transformação contou com um esforço em preservar seus elementos e, ao mesmo tempo, dar uma nova vida ao edifício. A construção se estende perpendicularmente no terreno criando jardins verdes privados em diversos níveis. A reforma busca explorar esta qualidade existente para proporcionar uma sequência de espaços acolhedores, tanto dentro, quanto fora. A adaptação à estrutura existente deu como resultado nove apartamentos únicos, com desenhos e atmosferas diferentes, que permitiu a abertura de novas janelas que iluminam o interior e estabelecem uma transição suave a seus espaços privados ao ar livre. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar