Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto começa em meio a mudança do ciclo econômico do país após a crise. Era necessário propor um empreendimento imobiliário diferente ao que até então era considerado válido naquela área e incluído em um planejamento parcial obsoleto. Este plano propôs um desenvolvimento por meio de blocos com pátios de ventilação interior onde a orientação das casas ou a organização das áreas livres não era a prioridade. Para modificar esse Plano Parcial, foi necessário elaborar um estudo detalhado no qual foi proposto um tipo diferente de implantação, uma inovação compatível com o atual PGOU que contribuiria para um novo modelo de cidade. Para isso, optamos por uma volumetria mais eficiente e sustentável do que o tradicional bloco “H” com pátio. Baseou-se em duas premissas fundamentais, priorizar a orientação das casas e obter um espaço ao ar-livre de qualidade.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar