Ampliar imagem | Tamanho original
Chiang Mai é uma cidade ao norte da Tailândia com fortes tradições artísticas e artesanais que são transmitidas por gerações. O tijolo era um material de construção comum para muitos templos e edifícios históricos da cidade, no entanto, muitas vezes foi negligenciado no projeto arquitetônico contemporâneo. Além do estilo único de Lanna no norte da Tailândia, Chiang Mai também é uma cidade vibrante e moderna, com jovens comunidades artísticas e galerias de arte. O desenho geral da residência é inspirado no layout espacial das casas tradicionais tailandesas, onde a cozinha, a sala de estar, os dormitórios de hóspedes e o dormitório principal são separados em várias unidades, resultando em um grupo de volumes conectados através de uma área comunitária externa. A casa propõe um uso contemporâneo do tijolo como principal material de construção da arquitetura doméstica. Ele não é usado uniformemente, mas seus padrões variam e se tornam mais complexos à medida que se transita pelo complexo.Os serviços estão contidos em um bloco branco simples. A entrada principal leva à sala de estar em uma seção de tijolos. Entre a sala de estar e os serviços, há o bloco branco simples, com azulejos de terracota que contém quartos de hóspedes e uma cozinha. Do outro lado do pátio, está a área mais privada da casa: o dormitório principal.O padrão de tijolo que circunda esta seção do complexo brinca com o movimento dos visitantes. Dependendo do ângulo de visão, o mesmo padrão forma uma gradação de sólido a perfurado, dando a impressão de que o tijolo pode ser leve e forte. Amplos degraus acima do dormitório principal oferecem assentos para apreciar a paisagem durante o dia e organizar uma projeção ao ar livre à noite. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar