Ampliar imagem | Tamanho original
O edifício, localizado na colônia de Narvarte, apresentada diversos desafios, como sua disposição em "L" e seu recuo reduzido tendo que viabilizar apartamentos "internos" atrativos para os clientes. Como recursos, implementamos o uso de vegetação e celosías para gerar um jogo de luzes e sombras que cria espaços melhores. O desenho foi elaborado respeitando o uso do solo, que permitia 4 pavimentos habitacionais com 11 apartamentos e um semi-subsolo de estacionamento. Varandas ou pátios em cada um dos apartamentos foram eixos de orientação para o desenho, com o objetivo de facilitar a interação do usuário com o exterior. A área das varandas vai de 7 a 20 metros quadrados, e os pátios chegam a alcançar os 40 metros quadrados. Os apartamentos têm uma disposição de "molares", pois em um mesmo andar há variações no nível de chegada, criando percursos e leituras espaciais mais ricas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar