Ampliar imagem | Tamanho original
A maioria das empresas de tecnologia escolhe ocupar um campus arborizado nos arredores de áreas urbanas, mas a Amazon cresceu no centro de Seattle e extraiu grande parte de sua energia inovadora de sua localização na cidade grande. A nova sede da gigante varejista online reforça seu compromisso com seu engajamento urbano, criando um bairro com edifícios, praças e espaços abertos públicos que se conectam perfeitamente com o tecido metropolitano existente de Seattle. O elemento mais icônico é o trio de esferas de vidro que abriga um jardim botânico de vários níveis com 40.000 plantas retiradas de florestas de alta altitude dos cinco continentes. Posicionadas na porção externa da sede, as esferas são um edifício em um jardim e um jardim em um edifício. As plantas representam cerca de 400 espécies, algumas das quais estão extintas na natureza e outras bastante raras. Para selecionar, criar e fazer a curadoria da seleção de plantas, a Amazon contratou um horticultor em tempo integral, Ron Gagliardo, que já trabalhou no Atlanta Botanical Garden. A coleção de plantas, que evoluirá ao longo do tempo, inclui uma figueira de quase 17 metros de altura chamada Rubi, uma samambaia australiana de 12 metros, orquídeas do Equador e plantas carnívoras. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar