Ampliar imagem | Tamanho original
Com os terremotos de setembro de 2017, cidades inteiras e pequenos povoados na região central do México foram gravemente afetados. Com o epicentro na pequena cidade de San Felipe Ayutla, mais de 200 escolas da rede pública de ensino foram severamente danificadas somente no Estado de Puebla, a grande maioria delas, localizadas em áreas rurais. Poucos meses depois do terrível abalo sísmico, fomos chamados pelas empresas IENOVA e GDI para projetar e reconstruir os edifícios das escolas rurais de ensino fundamental das comunidades de Santa Isabel Cholula e San Martín Tlamapa.  Tivemos que desenvolver o projeto em tempo recorde, afinal, era preciso reconstruir praticamente todas as escolas da região. Por isso, decidimos utilizar sistemas pré-fabricados e modulares, utilizando como esqueleto, uma estrutura metálica modular de 3 x 3 x 3 metros. Esta estrutura de aço galvanizado, resistente à abalos sísmicos de grandes magnitudes, pode ser facilmente adaptados para acomodar diferentes tipos de espaços  programáticos. Além disso, devido as suas características estruturais, é muito mais simples de adaptá-las ao terreno, facilitando e agilizando todo o processo de construção. Para o fechamento, utilizamos  painéis pré-fabricados de concreto leve GRC - modulados nas mesmas dimensões das portas e janelas-, permitindo acoplar facilmente cada um destes elementos, e o que é melhor, substituí-los ou desloca-los proporcionando ainda mais flexibilidade ao projeto. Os módulos foram então cobertos com telhas metálicas galvanizadas em duas águas, com uma zenital na cumeeira que permite a ampla iluminação dos espaços da escola durante todo o dia. Interiormente, o acabamento foi feito com um sanduíche de madeira laminada e PVC recheado com isolamento termo-acústico proporcionando um ambiente aconchegante e luminoso.   Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar