Ampliar imagem | Tamanho original
Composta por 16 unidades, a intenção do projeto era desenvolver moradias populares para uma clientela diversificada, desde grandes famílias até jovens profissionais, oferecendo espaços habitacionais e entregando construções de alta qualidade, respeitando o bairro e seu contexto. Guiado pelo conceito predominante de permeabilidade, o edifício foi projetado com apartamentos com duas fachadas predominantes, o que é um elemento-chave do projeto, que permite que todos os usuários tenham uma visão do pátio interno e da frente do prédio, garantindo que os moradores possam aproveitar a luz natural durante o dia. Cada unidade se beneficia de aberturas generosas em ambas as fachadas, com um terraço de um lado ou do outro. Este jogo e mudança no plano resulta em um dinamismo agradável nas fachadas das quadras e das ruas. Esses terraços asseguram privacidade e isolamento acústico entre as unidades e atuam como casulos que são íntimos e arejados. Isso beneficiou a qualidade de construção dos interiores, que era uma alta prioridade para a incorporadora e o arquiteto. Cada unidade do último andar inclui um mezanino com terraço e oferece vistas deslumbrantes do horizonte da cidade e da Ponte Jacques Cartier. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar