Ampliar imagem | Tamanho original
A proposta do concurso era criar um Jardim de Infância que pudesse atender o maior número possível de crianças, com idades entre 2 e 5 anos, em um bairro carente de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia, a partir de uma iniciativa beneficente promovida pelo Teto e Archsharing. O escopo englobava reformar uma escola abandonada e propor uma extensão de 100 m² construídos a partir das capacidades dos voluntários do Teto. Dessa maneira, a premissa do projeto foi utilizar as estruturas existentes em seu máximo potencial construtivo e vocação como instrumento educacional. Na primeira fase, antes da troca dos dentes, a criança, de certa forma, é, em sua totalidade, um órgão sensório. - Rudolf Steiner Em termos práticos, as salas de aula existentes tiveram sua distribuição racional mantida para serem utilizadas como um programa mais fixo e técnico, contendo banheiros, refeitório e salas de aula expositiva etc. A quadra esportiva existente, com pouco valor aparente, passa a ser o ator central do projeto. Seu teto e piso estão em boas condições, sendo a única grande área coberta não segregada. Ela apresenta uma oportunidade para construir, em uma obra inteiramente seca a partir de móveis e divisórias, espaços com várias formas, texturas, cores e programas, estimulando os sentidos das crianças e tornando sua rotina interessante e divertida, proporcionando flexibilidade para diferentes atividades. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar