Ampliar imagem | Tamanho original
Por quase um milênio, a Catedral de Notre Dame, na Île de la Cité, em Paris, se manteve como um símbolo da história, cultura e romantismo da cidade. Na segunda-feira, 15 de abril de 2019, milhares de pessoas nas margens do Sena e milhões em todo o mundo observavam com uma mistura de descrença, desgosto e desamparo a obra-prima gótica arder em chamas diante de seus olhos. O fogo, felizmente, não tirou vidas, mas roubou o marco de sua torre do século XIX, o telhado, três janelas de rosas medievais e a ornamentação de interiores e obras de arte de valores potencialmente inestimáveis. Até o momento, parece que a estrutura principal da Catedral de Notre Dame foi salva e preservada, devido aos esforços de 500 bombeiros enviados para o combater o desastre. Como muitos que assistiram à operação em tempo real, Greg Louis Favre, antigo comandante de bombeiros de St. Louis e colaborador da CNN, ofereceu através do Twitter uma explicação profissional dos desafios enfrentados pelos bombeiros em Paris, e os muitos aspectos para lidar com um incêndio estrutural dessa magnitude. A visão deste especialista concebe uma leitura informativa para arquitetos e o público em geral, detalhando aspectos desde a concepção até a responsabilidade para a ciência de como o fogo queima através dos edifícios. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar