Ampliar imagem | Tamanho original
"Escutar a estrutura e articular a experiência e a compreensão do espaço". (Juhani Pallasmaa, Os olhos da pele, a arquitetura e os sentidos.)"Todo espaço funciona como um grande instrumento". (Pether Zumthor, Atmosferas). Primeiro construímos o silêncio, logo projetamos como a arquitetura soa. O ouvido é o primeiro sentido que desenvolvemos no útero. Nos dá informações que vão desde o raciocínio, o conhecimento, a percepção, a memória, até o afetivo e emocional. O som se percebe, não se vê e nem se toca. A matéria permite sua existência, ele viaja através dela, mas o som não é matéria. A arquitetura é um meio de propagação do som. Em tempos do culto à imagem, o efêmero, a forma pela forma, o super-estímulo visual em meios e redes, parece atípico conceber arquitetura a partir do som: Como soa um edifício? Como soam os materiais de construção? Como a forma construída influencia na sonoridade? Como a acústica de um espaço afeta o ouvido? Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar