Ampliar imagem | Tamanho original
Em um terreno densamente arborizado, em uma estrada não asfaltada no coração de um bairro suburbano, fica a Casa Parks. A casa se mistura com a mata circundante através do uso de materiais suaves e reflexos do exterior, escondendo os volumes cheios de luz no interior. Começando com uma caixa simples, a forma externa foi manipulada para orientar as vistas em direção às árvores a leste e ao riacho a oeste. Concebido como um Wunderkammer, ou um "gabinete de maravilhas", os espaços internos se esforçam para ser um pano de fundo para os inúmeros objetos estranhos e maravilhosos coletados pela cliente ao longo de várias décadas. O programa para a casa é relativamente simples. Uma dona de uma boutique que estava se aposentando precisava de um lugar para se cercar pela natureza, paredes para pendurar sua arte e vistas para o riacho para que ela pudesse ver seus netos brincando. O posicionamento cuidadoso da casa preservou o máximo de árvores existentes e trabalhou com a topografia para minimizar o movimento de terra. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar