Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto nasce dos valores em presença: um valioso patrimônio arquitetônico, um contexto urbano particular e da clara ambição expressa no resumo da competição. Acompanha esses valores uma especial relação com a luz própria da obra de Olivier Debré. O objetivo do projeto é clarificar os elementos construídos nas suas relações recíprocas, com a situação urbana em que se encontram inseridos e com o novo programa. São propostos dois volumes isolados, dois momentos que pertencem a épocas diferentes: um volume principal existente, que é preservado e isolado de forma a reforçar o seu valor simbólico como edifício púbico que pertence a um momento histórico especifico; e um novo volume, que emerge, justaposto ao edifício mais antigo, caracterizado pela sua ausência de escala e tempo. A distância entre os dois volumes é medida por um corpo de luz transparente e comunicante, que torna o complexo permeável e dá significado à sua condição urbana. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar