Ampliar imagem | Tamanho original
Três arquitetos desenvolveram um par de novas edificações e uma piscina para um cliente privado no sul de Londres. Concebidos como um lugar para contemplação e relaxamento, os dois pavilhões localizados nos extremos de um jardim contemplam a criação de uma academia flexível e outros equipamentos adjacentes a uma nova piscina e terraço.O requerimento dos clientes possuía duas diretrizes fundamentais: poder utilizar a piscina mesmo em dias de chuva e que as intervenções deveriam estar em harmonia com sua configuração, tanto em forma como em materialidade.  Influenciado pela construção da casa original, o desenho propõe duas edificações de tijolo simples com uma linguagem arquitetônica compartilhada situada em cada extremo do jardim, conectadas por um caminho de pedra que corre ao longo do limite norte. No extremo, o pavilhão da academia está ancorado na casa existente o que cria uma relação "enclausurada" com o novo terraço orientado ao sudoeste. No lado oposto, o segundo pavilhão remete à horizontalidade da piscina em contraposição à verticalidade das árvores no terreno.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar