Ampliar imagem | Tamanho original
As expressões regionais da cultura de um país representam um dado significativo que ajuda a entender a relação do contexto e das condições específicas com as mais diversas formas de manifestação social. Essas nuances e singularidades dentro do âmbito da construção se traduzem no que pode ser entendido como arquitetura vernacular. Apesar de sempre ter existido, esse universo dos exemplares locais de arquitetura a partir de materiais, técnicas e soluções construtivas regionais veio a ser bastante estudado no Brasil na segunda metade do século XX, em um projeto de traçado da história arquitetônica nacional encabeçado por Lucio Costa. Trata-se de um tipo de arquitetura que, além de representar um dado cultural inegável e um saber que é passado de geração em geração, costuma ser altamente sustentável ao se basear em uma lógica que incorpora materiais de baixa energia incorporada e técnicas locais, com soluções pensadas para se adaptarem, de forma passiva, ao clima e condições específicas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar