Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto Moradias Infantis, dos escritórios brasileiros Aleph Zero e Rosenbaum, venceu o Prêmio Internacional RIBA 2018. Localizado em Formoso do Araguaia, no estado do Tocantins, o novo complexo escolar oferece acomodação para 540 crianças que frequentam a Escola Canuanã. O Prêmio Internacional RIBA é concedido a cada dois anos para um edifício que exemplifique a excelência em projeto e a ambição arquitetônica, além de proporcionar um impacto social significativo. Moradias Infantis foi reconhecido por sua visão em imaginar a arquitetura como uma ferramenta para a transformação social. Como um dos prêmios de arquitetura mais rigorosamente avaliados no mundo, o vencedor do Prêmio Internacional RIBA é escolhido dentre muitos edifícios visitados por um grupo de especialistas internacionais. O projeto Moradias Infantis foi escolhido a partir de uma lista de quatro novos edifícios excepcionais por um grande júri presidido pela renomada arquiteta Elizabeth Diller (DS+R). Financiado pela Fundação Bradesco, é uma das quarenta escolas administradas pela instituição que oferece educação para crianças em comunidades rurais em todo o Brasil. Os arquitetos Gustavo Utrabo e Petro Duschenes, do Aleph Zero, desenvolveram o projeto em colaboração com Marcelo Rosenbaum e Adriana Benguela, do estúdio de arquitetura e design Rosenbaum. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar