Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto de reforma do AT&T Headquartes em Nova Iorque, encabeçado pelo escritório Snøhetta, foi paralisado pela LPC - Landmarks Preservation Commission, o departamento de preservação do patrimônio da cidade. O controverso ícone pós-modernista projetado por Philip Johnson e John Burgree se tornou o mais novo edifício novaiorquino a receber o título de 'Individual Landmark', tornando-se patrimônio da cidade, o que atinge diretamente o projeto de reforma do edifício.  O projeto previa uma reforma radical no térreo, adotando um embasamento mais transparente que retirava o revestimento de pedra original. Além disso, o projeto pretendia também instalar uma parede de vidro em frente ao elemento mais importante da arquitetura original, o enorme arco na entrada principal do edifício.O projeto foi amplamente criticado, como no vídeo de Robert A. M. Stern ou ainda pelo docomomo ou pela organização change.org.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar