Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto de residência unifamiliar térrea foi resolvido a partir de uma geometria circular que se orienta na direção sudeste do lote, abrindo-se para a área externa de jardim e piscina. A proposta foi elaborada a partir da reinterpretação da residência rural da região por meio da utilização de um volume de pedra com cobertura em duas águas, geminada a outra peça horizontal feita em concreto armado aparente, que gera uma área coberta e abriga um espaço de churrasqueira e refeições interno. A importância dos espaços de sombra na residência é reforçada com o recuo da fachada principal da área de estar e cozinha, que gera outro espaço externo coberto pelo balanço da cobertura do volume principal. Tentou-se estabelecer uma continuidade material em todo o projeto para conseguir uma imagem fluida e bem amarrada entre os espaços e volumes: o piso cerâmico de grés do interior da casa é prolongado até a parte externa, gerando uma grande plataforma horizontal que conforma o espaço do terraço, ao qual se integra a piscina, revestida com o mesmo material. A pedra da fachada se dobra e forma a cobertura. Uma pele de lâminas de madeira de iroko percorre toda a fachada oeste e norte, integrando todos os elementos de portas, painéis retráteis e coberturas, além de introduzir o usuário ao espaço interno habitável conformando o mobiliário e revestimentos internos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar