Ampliar imagem | Tamanho original
Elaborado para um casal e suas duas filhas, o projeto desta casa tirou partido do declive do terreno localizado em condomínio fechado, com desnível de aproximadamente dois metros entre o seu ponto mais alto, junto à calçada, e o ponto mais baixo, junto ao muro que delimita o perímetro do condomínio e faz divisa com logradouro público. A intenção, com isso, foi melhor distribuir o programa, tornar a casa mais acessível e gerar uma fachada mais generosa e com escala mais apropriada para a rua de um condomínio fechado. O programa, portanto, se distribui em três níveis, sendo o térreo nivelado com a cota do acesso principal, definido por um grande platô que se inicia na calçada e se estende até o fundo do terreno, avançando sobre a garagem e configurando o deck da área de lazer. Três suítes ficam no volume do pavimento superior que, por sua vez, fica recuado da rua e repousa sobre o muro que conduz ao acesso principal do térreo e ao mesmo tempo sobre o bloco de serviço e cozinha. O resultado deste volume suspenso é o vão no térreo que constitui a sala de estar e jantar. A garagem foi retirada da fachada e se esconde sob a plataforma do solário, no nível inferior, mais uma vez aproveitando o declive natural do terreno. A intenção de liberar a fachada, uma vez que o lote possui 17,5m de frente, se fez possível por meio da rampa lateral de acesso de veículos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar