Ampliar imagem | Tamanho original
A diretoria da Biennale di Venezia, por recomendação das curadoras de 2018 Yvonne Farrell e Shelley McNamara, do escritório Grafton Architects, anunciou o júri da próxima edição da Bienal. O júri será responsável por premiar o Leão de Ouro de Melhor Participação Nacional, o Leão de Ouro de Melhor Participação na Exposição Internacional FREESPACE e o Leão de Prata para Jovem Participação na Exposição Internacional FREESPACE. Os jurados também poderão conceder uma menção especial a participações nacionais e duas menções especiais aos participantes da Exposição Internacional. O júri internacional é composto pelos seguintes membros: Frank Barkow (Estados Unidos), fundador e sócio da Barkow Leibinger em Berlim. Trabalhando como educador, pesquisador e arquiteto praticante, Barkow é professor da Escola de Arquitetura da Universidade de Princeton, tendo recentemente lecionado na Harvard Graduate School of Design. Sofia Von Ellrichshausen (Argentina), arquiteta, artista e educadora. Co-fundadora do estúdio de arte e arquitetura Pezo von Ellrichshausen, reside atualmente em Concepcion, Chile. Em 2008, foi co-curadora do Pavilhão Chileno na Bienal de Veneza. Kate Goodwin (Austrália), Chefe de Arquitetura e Drue Heinz Curator na Royal Academy of Arts. Supervisionou um programa de exposições, eventos, exibições e iniciativas na Academia, estimulando um debate sobre a interseção entre arte e arquitetura. Patricia Patkau (Canadá), da Patkau Architects. Com mestrado em Arquitetura pela Universidade de Yale, combina seu tempo no escritório com o papel de professora Emerita na Escola de Arquitetura da Universidade de British Columbia, onde leciona há mais de 20 anos. Pier Paolo Tamburelli (Itália), arquiteto, escritor e editor da revista San Rocco, em Milão. Formado pela Universidade de Gênova e pelo Berlage Institute Rotterdam, Tamburelli é co-fundador do estúdio Baukuh em 2004, atualmente sediado em Milão e Gênova. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar