Ampliar imagem | Tamanho original
Balkrishna Doshi, também conhecido como B.V. Doshi ou simplesmente Doshi, foi laureado este ano com o Prêmio Pritzker de Arquitetura. Ao seu extenso portfólio de projetos educacionais, culturais, administrativos e residenciais somam-se ainda suas contribuições à cultura arquitetônica - seja com a fundação da Escola de Arquitetura em Ahmedabad (conhecida como Centre for Environmental Planning and Technology) ou a redação da Carta de Direitos do Habitat, entre outras. Seus vibrantes desenhos - alguns dos quais reunidos a seguir - revelam ainda mais sobre sua relação com os edifícios, a história, a tradição, a cultura e o modernismo.  Do estudo conceitual da cobertura abobadada do Sangath Studio ao masterplan de Vidhyadhar Nagar, a expressão gráfica de Doshi parecer filtrar os ideais modernistas através das lentes de seu país natal, a Índia. Estes desenhos remetem ao tempo em que trabalhou no escritório de Le Corbusier e suas colaborações posteriores, misturando narrativa, simbolismo e vivacidade. No desenho para o projeto de Habitações Sociais em Aranya, a narrativa tradicional das fábulas é adaptada a uma perspectiva axonométrica que mostra vendedores ambulantes, veículos e o cotidiano público - uma negociação entre modernidade e tradição que ecoa na arquitetura de Doshi. Esses desenhos não exprimem apenas as qualidades incorporadas na arquitetura, mas no próprio arquiteto.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar