Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto para o novo Centro Cultural CaixaForum - Sevilha procura resolver de forma coerente duas questões sempre importantes nas intervenções em edifícios existentes (neste caso, estruturas existentes), como a estratégia de ocupação e a necessidade de visibilidade dentro de uma organização prevista.  A estratégia de ocupação mencionada parte de uma análise dos espaços existentes e dos usos anteriormente previstos no denominado "Edifício Pódium" do complexo Torre Pelli. A estrutura já construída condicionou inevitavelmente tanto a distribuição do programa como a configuração espacial dos diferentes usos. Deste modo, a estratégia principal consiste em localizar uma série de volumes relativamente autônomos dentro da estrutura existente buscando a convivência entre cada uma das atuações.  Deste modo, podemos destacar a disposição das salas de exposições e do auditório nos únicos espaços existentes que por altura e dimensões permitiriam sua acomodação, delimitando-os com vedações autoportantes que evitam conflitos com a estrutura de concreto executada. Esses espaços disponíveis estão nos níveis do subsolo abaixo da praça de acesso, feito que condicionou toda a sequência de acessos e movimentos ao longo do edifício. Do mesmo modo, os usos do café e administração deveriam localizar-se nos níveis superiores buscando as melhores condições de vistas e iluminação.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar