Ampliar imagem | Tamanho original
O que nos motiva a mudar a maneira como nos deslocamos pela cidade, onde fazemos compras ou o destino do lazer no domingo? Quais são os fatores determinantes que nos levam a rever como nos relacionamos com nossa vizinhança, com nosso bairro ou cidade? A paisagem muda, a pessoa muda… A pessoa muda, a paisagem muda… Propostas de intervenção nas cidades, físicas ou programáticas, são frequentemente alvo de críticas porque revelam, em alguns casos, o desejo de mudança de um hábito para a população e, em outros, porque reforçam tendências e costumes que não se pretende mudar, independente da motivação. Construção de ciclovias, pontes, calçadas, alteração dos limites de velocidade ou requalificação de espaços públicos - como esses investimentos em infraestrutura influenciam as escolhas que fazemos no dia-a-dia? É improvável que mudanças nas cidades não impactem também as pessoas que nelas residem. A transformação das pessoas acontece de forma mais espontânea quando o ambiente em que vivem e convivem é modificado. Prefeituras de diversas cidades implementam programas e planos voltados a encorajar um novo estilo de vida e trazer mudanças que beneficiem seus cidadãos como, por exemplo, o incentivo à prática de atividade física no lazer através de ciclofaixas temporárias e abertura de ruas para pessoas ou, ainda, estímulo ao uso do transporte público através de faixas exclusivas de ônibus. No entanto, além das transformações nas cidades, quais são os outros aspectos que desencadeiam essa mudança de hábitos? Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar