Ampliar imagem | Tamanho original
A empresa Morphogenesis, com sede em Déli, concluiu recentemente uma proposta para um projeto que reabilita e desenvolve os ghats (escadarias que levam ao rio) e crematórios ao longo de um trecho de 210 quilômetros do rio Ganges, o rio mais longo da Índia. O projeto, intitulado "A River in Need", faz parte da Missão Nacional de Ganges Limpa (NMCG), uma empresa do Ministério dos Recursos Hídricos do Governo indiano formada em 2011 com dois objetivos: garantir uma redução efetiva da poluição do rio além de conservá-lo e revitalizá-lo. O Ganges é venerado como uma deusa viva pelos 966 milhões de hindus da Índia que acreditam fortemente nas propriedades curativas do rio; Ter as cinzas espalhadas no rio é a forma simbólica de alcançar a libertação eterna no ciclo da reencarnação. Mas a dura realidade do despejo de toneladas de corpos incompletamente cremados, para não mencionar galões de efluentes industriais e esgoto bruto, fizeram com que o rio nacional da Índia se tornasse o mais poluído do mundo. Enquanto o Ganges sustenta um décimo da população mundial, também causa cerca de 600.000 mortes por ano em razão de doenças transmitidas pela água. Com o aumento da densificação das cidades indianas - duas urbes do país já figuram nas oito da lista das mais densas do mundo da ONU Habitat - existe também uma necessidade urgente de proporcionar espaços para a construção da comunidade e o engajamento público. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar