Ampliar imagem | Tamanho original
Na China, normalmente os edifícios culturais são localizados nos centros administrativos, construindo um centro político e cultural sob controle. Em consequência, o projeto do complexo cultural é obrigado a satisfazer as necessidades políticas, e sua publicidade tem que se misturar com a seriedade política. Enquanto isso, nosso desenho pretende dar conta da disposição simétrica, a imagem solene, a abertura e a proximidade da escala humana. O museu de 68333 m² é composto por dois edifícios, um museu e um centro de exposições de planejamento urbano. A estratégia de desenho é introduzir a atividade pública orientada às pessoas. A fachada do museu se assemelha com a secção do estrato de uma rocha. O átrio principal é marcado pelas pontes suspensas, configurando um importante espaço público. Inspirado por pitorescos jardins construídos na dinastia Song, nosso projeto tenta criar um modo de experiência "itinerante", para explorar a possibilidade de uma narrativa espacial em rampa. Apenas com a participação do usuário, o espaço pode ser mais significativo. Imaginando que a gente caminha pela rampa dobrada e giratória no museu ou pela rampa espiral na sala de exposições. É possível ver que a combinação do modo narrativo linear e a sensação espacial contínua e casual resulta ser uma experiência maravilhosa, além de uma construção espacial dramática. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar