Ampliar imagem | Tamanho original
Um corpo vertical (no lado esquerdo) sobressai respeitando o outro, reúne e exemplifica os aspectos longos e levantados que são extraídos da tradição de Almonte. A outra superfície (no lado direito) reúne elementos horizontais e oblíquos da cultura moderna. Um deslocamento suave da superfície principal enfatiza a linha divisória vertical entre os dois estilos. O elemento do lado esquerdo, sendo maior e mais fino, caracteriza-se pela presença de duas grandes janelas verticais. A direita acentua sua posição horizontal por meio do uso de cerâmicas escuras, que estendem os vãos das janelas até que se sobreponham. Este projeto trabalha o vazio que resulta a partir dos principais volumes paralelos - as áreas da noite e do dia - que estão se deslocando para definir um novo grande hall de entrada - na rua da frente - e um novo pátio aberto - para a rua posterior. A lareira, como motor do lar, assume o papel principal da cena, e será esculpida para materializar uma escada ascendente. Admito que meus traços memoriais, de meus desenhos exploratórios sobre a lareira da Casa Venturi, voltaram a ser transformados. No primeiro pavimento, a lareira é desdobrada em direção a uma biblioteca aberta que é iluminada por uma claraboia linear localizada atrás da escada. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar