Ampliar imagem | Tamanho original
O processo construtivo em que está submetida a catedral de Málaga desde 1524 faz com que ainda possua uma notável unidade arquitetônica, mesmo não pertencendo a um estilo claramente definido. Durante estes quase quinhentos anos a edificação teve momentos de grande avanço nas obras como são o século XVI, no qual se construiu uma prolongação da nave lateral com aspecto de fortaleza de ar renascentista, e o século XVIII, no qual se levantou a nave e a fachada principal com aparência de um palácio barroco. A insistência do cônego em manter a unidade do templo forçou os arquitetos do século XVIII a levantar uma obra que, pertencendo a sua época, seguirá os vestígios da parte anteriormente construída. No final do século XVIII e por falta de orçamento, as obras foram paralisadas faltando ainda a construção das duas sacristias, a torre sul e o telhado. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar