Ampliar imagem | Tamanho original
O conceito foi ancorado na relação de três palavras: HOMEM (sujeito ativo) - HISTÓRIA (elemento de construção da sociedade) - OBJETO (produto criado). A história é a nossa identidade e caracteriza a evolução da sociedade e o crescimento urbano. A presente construção sofreu modificações físicas e programáticas, em concordância com as épocas. A edificação da referida “Casa” remonta ao séc. XVIII, 1776, sendo pertence de um clérigo, Adelino Araújo, que recolheu a um convento próximo de Espinho onde veio a falecer. Para além das características arquitetônicas que o edifício apresenta, o seu beiral é em laje granítica, janelas trabalhadas, com conversadeiras, a sua grandiosidade que já teve 14 quartos, salas, cozinhas, adegas, lagar de vara, estábulos, eira e Casa dos Cereais, o local é Paradisíaco, convidativo para repouso e lazer, não faltando um curso de água límpida e uma mini-hídrica perto, onde no rio acima se pode descansar a cana… Reorganizamos a casa antiga, e introduzimos 7 quartos, todos eles com valências e composições distintas, dado que todos os espaços apresentavam formas diferentes. Além da requalificação da casa, introduzimos uma ampliação, com 11 quartos e serviços de apoio, capaz de interagir diretamente com o corpo existente, ou seja, há um espaço central de ligação entre as duas construções. Existe um átrio distributivo, que fará acesso entre blocos e disporá de iluminação superior, determinando a interligação entre todos os espaços. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar