Ampliar imagem | Tamanho original
Amplificador Urbano Em 1891, a cidade de Paris registrou este corredor de 100 metros, aberto dois anos antes na propriedade do senhor Delessert, entre a rua Pierre Dupont e o cais de Valmy. No extremo leste está o Canal Saint-Martin, hoje uma área de caminhos e recreação mas que, neste período, era uma via até o Bassin de la Villette, o quarto maior porto industrial depois de Marsella, Le Havre e Bordeaux. A atividade do porto foi intensa e suas marcas persistem em alguns dos enormes edifícios industriais, como Cité Clémentel, antiga central elétrica da Compagnie d'Air Comprimé, entre outros mais discretos frente a rua. A intervenção abrange o contexto como uma mistura de povoados, lembranças e atividades, junto com uma ampla variedade de edifícios em uma única área.  A operação inclui uma academia, vendida para a cidade de Paris, onde estão 69 unidades de moradia social. Esta intervenção procura, em primeiro lugar criar uma hibridação de grande escala industrial encontrada na área com escala privada da unidade de moradia. O edifício se situada ao longo do corredor de Delessert, formando o ângulo das duas ruas antes de voltar-se para a rua Pierre Dupont com corredores-galeria em cinco níveis construídos em madeira de lariço, sem que tenha a intenção de apagar, diminuir sua presença ou ocultar as grandes mudanças provocados por sua chegada a este lote vazio do bairro, um espaço bucólico ocupado durante muito tempo por uma estrutura pré-fabricada e um estrutura inflável com pistas de tênis abandonadas. Foi difícil para o bairro despedir-se deste último pedaço vazio em Paris e a densificação de um espaço aberto explica a demanda coletiva apresentada contra o projeto por 180 vizinhos durante o período de espera para a autorização de construção. Esta densificação inclui, entretanto, uma variação do programa que beneficia toda a vizinhança  e a obrigação da instalação de uso misto registrada pelo Programa de Planejamento Local (PLU). Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar