Ampliar imagem | Tamanho original
O New York Times publicou um artigo intitulado "How China Built iPhone City With Billions in Perks for Apple’s Partners’", revelando um tesouro de benefícios públicos para a maior fábrica de iPhone do mundo em Zhengzhou, na China. Em uma cidade de seis milhões de habitantes em uma região empobrecida da China, o governo local contribuiu com US$ 1,5 bilhão para a Foxconn, a fabricante dos iPhones da Apple. O dinheiro é usado, em parte, para melhorar a infra-estrutura local, reduzir os custos de exportação da Foxconn e construir moradias para os 350.000 trabalhadores da fábrica (cinco vezes o número de pessoas empregadas diretamente pela Apple nos Estados Unidos). A fim de colher os benefícios econômicos de hospedar empresas multinacionais como a Foxconn, as autoridades de Zhengzhou ofereceram à empresa um amplo portfólio de benefícios. Estes incluem uma contribuição de US $ 600 milhões para a construção do complexo industrial da Foxconn, descontos de 5% nos custos de energia e a diminuição das taxas de imposto das empresas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar