Ampliar imagem | Tamanho original
No mundo antigo, máscaras mortuárias tinham o papel de fortalecer e proteger a alma da pessoa em sua jornada para a vida após a morte. É esta noção mística de transição da morte para uma nova vida que inspirou o projeto Vespers, uma coleção de máscaras mortuárias criadas por Neri Oxman e sua equipe do Mediated Matter Group do MIT.  Estas máscaras eram tradicionalmente feitas de gesso modelado a partir das expressões faciais do falecido. Vespers, por outro lado, consiste em máscaras criadas a partir de algorítimos de mapeamento espacial que geram cordões internos coloridos envolvidos por volumes curvos transparentes. Em vez de memorizar as feições da pessoa falecida, estas máscaras são projetadas com ênfase na herança cultural, reimaginando sua utilidade potencial através de tecnologias de ponta como materiais de alta resolução, impressão 3D com diversos materiais e biologia sintética.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar