Ampliar imagem | Tamanho original
Construído nos primórdios da aviação comercial, o Terminal TWA é um símbolo concreto das rápidas transformações tecnológicas que foram impulsionadas pelo início da Segunda Guerra Mundial. Eero Saarinen procurou capturar a sensação de voo em todos os aspectos do edifício, de um interior fluido e aberto, à casca de concreto da cobertura semelhante a uma asa. A pedido da TWA, Saarinen projetou mais do que um terminal funcional; ele projetou um monumento para a companhia aérea e para a própria aviação. Embora os aviões existissem desde o início dos anos 1900, não foi até depois da Segunda Guerra Mundial que as viagens aéreas comerciais começaram a se popularizar. A Trans World Airlines foi ator-chave nesse desenvolvimento. Ao permitir que os clientes comprassem vôos em pacotes com descontos e oferecendo planos de pagamento estendidos, a companhia aérea tornou uma opção de luxo cara acessível para a classe média burguesa norte-americana. Em alguns casos, suas reduções de preço tornaram as passagens de avião mais baratas do que as mesmas por trem. [1] Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar