Ampliar imagem | Tamanho original
O edifício está oculto por um bosque de gramíneas. O farfalhar das folhas mais altas dirige o caminho. No final de uma frondosa via curva, é possível reconhecer uma grande porta de madeira. O bambu preto dá as boas-vindas através das cercas de madeira espaçadas e a luz natural do sol é filtrada por meio da malha de ventilação, que envolve o espaço escuro de acesso. Ao caminhar por meio desta área de entrada é possível ver o tranquilo pátio frontal coberto com terra fina coreana. A experiência da escuridão e da luz: isto é o que desencadeia as experiências emocionais neste espaço. Ao entrar no pátio frontal, é possível ver o vale dos bosques através da cafeteria aberta.  Este é o lugar ideal para processar a planta 'dente de leão' na Coreia, uma espécie que é utilizada principalmente para fins medicinais. Muitos hóspedes que visitam este lugar estão cansados, corporal e mentalmente, por causa da sua longa luta contra a doença. Desta forma, desejávamos oferecer um lugar onde eles pudessem re-energizar seu estado apático e deprimido e que os ajudasse a relembrar seus tempos felizes, evocando seus sentidos. Isto ajudará a criar algumas oportunidades para que os pacientes possam olhar para o passado e criar uma energia positiva através da motivação da natureza. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar