Ampliar imagem | Tamanho original
Localizado perto da fronteira com a França, uma cidade belga tornou-se uma importante referência bianual para aqueles que trabalham com interiores. Desde a sua fundação em 1968, a Bienal Interieur de Kortrijk traz diferentes inovações para o design de interiores, com curadoria de figuras importantes, como Philippe Starck, Gio Ponti, e Verner Panton. Este ano, para o 25º aniversário da Bienal, Kersten Geers e David Van Severen (Office KGDVS) - um escritório com fortes raízes na própria cidade - foram convidados a deixar a sua marca no programa arquitetônico e artístico da exposição. Sua participação na exposição, intitulada Silver Linings, marca uma mudança a partir da apresentação de objetos para a criação de interiores completos, abrangendo todas as escalas. Nós olhamos para interiores no sentido mais amplo: desde nossas salas de estar cotidianas até os ambientes de alta tecnologia, para instalações de arte e interiores completos. Queremos oferecer um catálogo do mundo hipotético. A Bienal Interieur parece ser o lugar perfeito para realizar essa ambição. Com o desenho de interiores queremos investigar e explorar o espaço habitado - através de uma rica coleção de interpretações que não só incide sobre objetos, mas esforça-se para uma experiência espacial completa. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar