Ampliar imagem | Tamanho original
Em qualquer parte do mundo, Amsterdã é sinônimo de bicicletas. Esta rápida associação é explicada pelo crescimento de 40% no uso desse modal em pouco mais de 20 anos; além disso, diariamente, 58% de seus habitantes pedalam mais de 2 milhões de quilômetros, o que faz dela uma das cidades mais preparadas do mundo para o uso da bicicleta como meio de transporte urbano, segundo o Ranking Copenhaguenize 2015.  Com efeito, neste período a bicicleta se tornou o principal meio de transporte da cidade e, consequentemente, contribuiu para reduzir os acidades de trânsito e poluição atmosférica. Além disso, a integração entre diferentes modais de transporte foi fortalecida na cidade, com cada estação de trem contando com estacionamentos para bicicletas que, por vezes, ocupam um edifício inteiro. No entanto, é justamente nestes lugares que a enorme quantidade de bicicletas se tornou um inconveniente, já que está cada vez mais difícil encontrar uma vaga para estacionar (um problema que seria bem vindo em muitas cidades, diga-se de passagem). Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar