Ampliar imagem | Tamanho original
Para Mauricio Pezo e Sofía Von Ellrichshausen, o papel do arquiteto vai muito além de lidar com problemas funcionais, bem como sociais, sustentáveis e de segurança. "É claro que a arquitetura em sua essência consiste em solucionar problemas, e os problemas mudam constantemente", diz von Ellrichshausen nesta entrevista com a The Architectural Review fora de seu Pavilhão Vara na Bienal de Veneza de 2016. “Mas provavelmente o que abrange a arquitetura é muitas vezes maior do que o problema abordado inicialmente. Portanto, pensamos na arquitetura em termos de sua grande abrangência, incorporando valores e não necessariamente propondo uma solução". A principal ambição da dupla é desenvolver uma tipologia de edifícios que promova diferentes experiências espaciais – todas criadas com base na escala humana. Desde 2002, o escritório projetou mais de 70 projetos que variam de acordo com dois aspectos espaciais: tamanho e direção. Cada membro de uma "família" compartilha semelhanças com casas anteriores, mas também mostra certo grau de mutação. De acordo com Pezo, "apesar de nunca nos referirmos a nada além do edifício que estamos projetando no dado momento, não podemos evitar estender nosso pensamento a projetos anteriores. Acreditamos na invenção, mas sempre dentro de nossa própria memória pessoal". Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar