Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto de arquitetura desenvolvido no Museu da Barroca teve início em 2014 e apresentou como premissa a re-organização dos interiores de um edifício situado na Herdade da Barroca, nos arredores da vila de Mora, Portugal. O edifício, que antes desta intervenção foi recentemente remodelado, manteve a gênese da arquitetura vernacular alentejana, da qual é exemplar. É composto por um longo volume de um piso, implantado no cimo de um monte agrícola, que originalmente servia de manjedoura da herdade. A estrutura é caracterizada por extensos planos de parede branca, com aberturas controladas de vãos ao longo da construção. O telhado, de duas águas,  é suportado por asnas de madeira que conferem ao espaço uma amplitude de pavilhão. Os acabamentos são caracterizados pela cal branca nas paredes e pela cerâmica vermelha no pavimento, que remetem para a linguagem arquitetônica tradicional da região. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar