Ampliar imagem | Tamanho original
Cornerstone é um pequeno edifício de uso misto com 5 apartamentos separados e uma cafeteria no térreo. Está localizada em uma nova área residencial repleta de edifícios de alturas e volumetrias similares, ocupando o primeiro lote de uma esquinas das monótonas quadras existentes, frente a uma área comercial. O projeto deveria refletir as condições do terreno e se erguer como uma figura ambígua entre os blocos residenciais e comerciais, um volume heterogêneo entre os repetitivos edifícios da vizinhança. As lógicas das condições do entorno e da legislação deram forma a este objeto. Seguindo as restrições locais, todo pavimento térreo deste distrito deve ser ocupado com instalações comerciais, e ao menos metade da fachada no nível da rua deveria ser transparente. A maioria destes edifícios seguem esta regra muito a sério, erguendo o volume e esvaziando o térreo, substituindo a fachada da rua com vitrines transparentes. Isso fez com que estes edifícios se destacassem do térreo, como se perdessem peso para tocar o solo. No entanto, o projeto deste novo edifício se afirma como um pesado volume que encosta no solo, como um pilar da cidade, um ponto de referência atípico entre dois volumes com instalações opostas. Ao invés de vitrines, grandes aberturas foram cavadas das paredes fazendo com que o material principal da fachada continuasse da cobertura até encontrar o chão. Ao posicionar estas aberturas nas esquinas, o edifício evidencia que o volume residencial é na verdade elevado e que a fachada da rua não é um elemento estrutural de fato. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar