Ampliar imagem | Tamanho original
Um pavilhão O projeto se localiza na Patagônia Chilena, na orla do Lago Rupanco. A encomenda consistiu no projeto de um lugar de reunião para a vida coletiva familiar. A construção foi pensada como um pavilhão, é dizer, espaços que podem ser usados de distintas formas acolhendo distintos usos.  O primeiro nível está organizado em torno de um fogão duplo; por um lado é uma churrasqueira e pelo outro por uma lareira. Esta condição dupla permite configurar os espaços para serem usados como como estar e jantar. No segundo nível está disposto um estar comum que funciona também como um dormitório. A forma de relacionar o primeiro e segundo pavimento permite cobrir um pátio exterior. Uma fuselagem Tiveram dois fatores determinantes para a definição formal do pavilhão; A chuva e os ventos moldaram o projeto. O edifício é uma fuselagem contínua de aço corten para proteger os distintos recintos de um clima cambiante e extremo. O gelado vento sul do verão é detido pela nave do primeiro nível; O vento norte do inverno é freado pela escada que conduz ao segundo nível; finalmente a união entre os dois níveis permite cobrir um pátio exterior protegido das constantes chuvas e do sol. Duas árvores centenárias terminam de configurar a implantação final do edifício, tanto em suas relações próximas como com a paisagem distante.Originalmente publicado em Julho 25, 2016 Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar